Prof. Anníbal Freitas

O Prof. Anníbal Freitas, nasceu em Rezende, no Rio de Janeiro, em 15 de junho de 1885. Filho de Francisco Augusto Freitas ( 19.11.1862 + 01.11.1904, filho do Dr. Fernando Lourenço de Freitas e Virgínia Guimarães) e de Maria Eugênia Assis de Oliveira Borges Freitas(*4/4/1867 + 2/7/1935, filha de Francisco de Assis Oliveira Borges e Francisca Martha da Silva, descendentes do Visconde de Guaratinguetá). Foi batizado no Santuário da Apparecida do Norte.

 

Imagem
Prof. Anníbal

 

Cursou os preparatórios parcelados à Faculdade de Direito, e ingressou na Faculdade de Farmácia, em 1903. Exerceu a função de farmacêutico ,em Lorena, quando formado, e nesta cidade elegeu-se vereador da Câmara Municipal.

Em 1909, Anníbal Freitas, candidatou-se à cadeira de Física e Química, do então “Gymnásio do Estado”(hoje Culto à Ciência), obtendo neste concurso a primeira classificação, conquistando, assim, a cátedra que durante tantos anos muito honrou.

Conseguiu, em 1911, a cadeira  de História Natural. Em 1923, elegeu-se vereador à Câmara Municipal de Campinas, sendo escolhido Presidente do Poder Legislativo, posto que ocupou até 1930.

Foi nomeado diretor do Colégio “Culto à Ciência”, em 1928, no qual foi posteriormente efetivado, aposentando-se depois de 35 anos de trabalhos efetivos em prol da educação de Campinas.

O professor Anníbal Freitas,  lecionou durante muitos anos em diversos colégios campineiros: Ateneu Paulista, Cesário Motta, Diocesano Santa Maria, Progresso Campineiro, e, foi um dos fundadores da Escola de Commércio “Bento Quirino”.

Exerceu a cátedra de Física Geral e Experimental, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, da Universidade Católica de Campinas.

Foi autor de inúmeros trabalhos e obras, tais como: “Noções de Química Geral”, “Curso de Física”, em três volumes,  dentre outros.

Casou-se em primeira núpcias, com Maria do Carmo Barroso de Lintz, nascida em 21/4/1886, em Leopoldina, Minas Gerais  e falecida em 28/1/1918 em São Paulo, filha de Martiniano de Sousa Lintz e Francisca Barroso Lint.

Tiveram os filhos: Profa. Lucila Lintz de Freitas (29/4/1908 + 06.07.1993) e Heloísa Lintz de Freitas ( 21/8/1911 + 20/5/1917).

Casou-se em segunda núpcias em 26/12/1918, com Valentina Lapa Penteado, nascida em 20/3/1893, filha de Elisiário de Camargo Penteado  e Leonor do Amaral Lapa.

Tiveram os filhos: Heloísa Penteado de Freitas (29/10/1919), Maria Helena Penteado de Freitas Machado (10/7/1921), José Carlos Penteado de Freitas (16/3/1923),  Regina Penteado de Freitas Patéo ( 2/10/1925), Leonor Penteado de Freitas Avelar (10/11/1927), Oswaldo Penteado de Freitas (18/3/1929),  Maria Beatriz Penteado de Freitas (8/12/1931) e Odila Penteado de Freitas Petrucci (20/1/1933 + 10.07.2011)

 

Faleceu em 24 de abril de 1965.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s