Rio Atibaia

Publicado 22/07/2014 por lcs2308

 O Rio Atibaia é formado pela junção dos rios Atibainha e Cachoeira, entre os municípios paulistas de Bom Jesus dos Perdões e Atibaia, sendo que as nascentes do rio Cachoeira encontram-se no estado de Minas Gerais.

O rio Atibaia abastece 75% da população da cidade de Atibaia, 95% da população desta cidade, entre outras.Jundiaí possui uma outorga para bombear água do rio Atibaia, usada durante a estiagem. Na altura da cidade de Americana, logo após passar por Paulínia, o rio Atibaia junta-se ao Jaguari para formarem o Rio Piracicaba.

Em certos trechos, o rio tem 20 metros de profundidade, 11 metros de largura, a cor de sua água é marrom, apresentando muitos sinais de poluição.

O rio recebe o excesso das águas represadas pelos Sistema Cantareira.

Seu nome é de origem tupi, Tybaia, sendo TY – baia (ou aia), que significa rio manso, de águas tranquilas, abundantes, agradáveis ao paladar. Até chegar ao nome Atibaia, o vocábulo passou por várias modificações: Thibaia, Atubaia, Thibaya, mas o significado continuou o mesmo, “manancial de água saudável”.  

 
Comprimento 165 km
Nascente Nazaré Paulista
Caudal médio 31 m³/s
Foz Rio Piracicaba, no município de Americana
Área da bacia 2 931 km²
Afluentes
principais
Rio Cachoeira, Rio Atibainha
País(es) Brasil
País(es) da
bacia hidrográfica
Argentina, BrasilParaguai e Uruguai.

 

Rio Atibaia(lavadeiras), por volta de 1900. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia(lavadeiras), por volta de 1900. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, tiragem dos patos da rede para serem conduzidos ao rancho, por volta de 1900. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, tiragem dos patos da rede para serem conduzidos ao rancho, por volta de 1900. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, na década de 1970 (visto da Ponte Ademar de Barros).

Rio Atibaia, na década de 1970 (visto da Ponte Ademar de Barros).

Rio Atibaia, no início do século XX. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, no início do século XX. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, no início do século XX. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, no início do século XX. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, em 1900(lavadeiras). Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, em 1900(lavadeiras). Coleção Austero Penteado.

Cartão-postal do Rio Atibaia, década de 1930.

Cartão-postal do Rio Atibaia, década de 1930.

Rio Atibaia, 1959. Acervo Hélio Ferraz de Almeida Camargo.

Rio Atibaia, 1959. Acervo Hélio Ferraz de Almeida Camargo.

Rio Atibaia, década de 1970.

Rio Atibaia, década de 1970.

Rio Atibaia, século XX. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, século XX. Coleção Austero Penteado.

Rio Atibaia, anos 40.

Rio Atibaia, anos 40.

Club Campineiro Regatas e Natação, ao lado esquerdo, vê-se um trecho do Rio Atibaia, 1959. Acervo Hélio Ferraz de Almeida Camargo.

Club Campineiro Regatas e Natação, ao lado esquerdo, vê-se um trecho do Rio Atibaia, 1959. Acervo Hélio Ferraz de Almeida Camargo.

Imagem

Imagem

Imagem

  

Anúncios

Um comentário em “Rio Atibaia

  • Belíssimas fotos! Senti uma grande saudade, quando eu era criança meu pai me levava para pescar em Souzas, pesquei muito lambari por lá! E lembro-me também que havia uma bar em Souzas, pertinho da ponte onde às vezes reuniam alguns amigos para tomar um Cerveja!

    Curtido por 1 pessoa

  • Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: