Prof. Mário Natividade

Publicado 02/08/2014 por lcs2308

O Prof. Dr.  Mário Marcondes Natividade, nasceu em Pindamonhangaba, no dia 16 de fevereiro de 1877, filho do Cel. Francisco Joaquim da Silva Natividade e de Anna Delphina de Moura Marcondes. 

Neto materno de: Francisco Marcondes de Andrade e de Cândida de Moura Marcondes;

Neto paterno de: Francisco Joaquim da Silva Natividade e de Anna Cândida Natividade.

Mário Natividade.

Mário Natividade.

 

Mário, tinha como irmãos: Ricardo Natividade, Profa. Maria Ernestina Natividade Antunes, Francisco Marcondes Gouvêa Natividade, Cel. Marco Aurélio, Cândida e Américo.

Lecionou Aritmética, Matemática, Francês, História Natural, Física, Química, nos mais conceituados colégios e cidades como: Escola Normal de São Carlos, em 1912, Escola Normal Carlos Gomes e outros; Era também, Engenheiro Geógrafo, formado pela Escola Politécnica de São Paulo e advogado.

12662458_1567186756938873_8927845027132258965_n.jpg

Casou-se em 26 de setembro de 1911, com Antônia (Antoninha) Coutinho Natividade (*09.02.1892 + 18.08. 1974), filha do português, João Coutinho da Motta e da italiana, Rosa Piazzon Meiller.

record-image_939F-VJ9M-WS.jpg

Insira uma legenda

 

Deste matrimônio nasceu:

  • Profa. Cecília Natividade (*02.01.1915 + 31.07.2011);
  • Fábio Coutinho Natividade (*04.06.1923 + 05.07.2005), casado com Lúcia Hoffmann Penteado Natividade;
  • Marília Coutinho Natividade (17.08.1925 + 25.03.2015);
  • Hélio Coutinho Natividade (*27.10.1927 + 26.10.2006), casado com Maria José da Silva Loureiro Natividade (*19.12.1937).

E de sua lavra o soneto abaixo:

“Esse que vedes, misero mendigo,
que a mão súplice estende humildemente
a cada nobre coração que sente,
a cada peito generoso e amigo;

Que, de andrajos coberto, o atroz castigo
das intempéries sofre, e o inclemente
destino arrasta, como um penitente;
esse que pão vos pede e pede abrigo,

dos inditosos foi conforto e amparo!
outrora rico – de ouro e de piedade –
amou os tristes com carinho raro…

E sendo a imagem da miséria agora,
oh! mova os corações a caridade
por quem lhe foi a imagem viva, outrora”.

Mário Natividade.

Faleceu no dia 13 de abril de 1941, nesta cidade. Recebeu diversas homenagens, dando seu nome a uma rua e a uma escola, no Taquaral e Vila Padre Manoel de Nóbrega, respectivamente. 

12705416_1567186806938868_6143337980277076359_n.jpg

 

 

Contribuições de sua neta, Maria Luísa Penteado Natividade! Campinas agradece!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: