Colégio Progresso

Publicado 16/09/2014 por lcs2308
Colégio Progresso -Formatura das Professorandas: Zini Gerin, Profa. Iracy Ramos(paraninfa), Maria Felicidade Fernandes Braga, Maria Sílvia Silveira, Célia Zülke de Paula e Edercy Flores de Oliveira, em 16 dez. de 1959.

Colégio Progresso -Formatura das Professorandas: Maria Aparecida(Zini) Nunes Gerin Martins, Profa. Iracy Conceição Ramos(paraninfa), Maria Felicidade Fernandes Braga, Maria Sílvia Silveira, Célia Zülke de Paula e Edercy Flores de Oliveira, em 16 dez. de 1959. “Acervo Edercy Flores de Oliveira”. Foto: Gilberto de Biasi

 

3g

Insira uma legenda

 

Professora Lucy Sim Bueno, falecida em 1966.

Professora Lucy Sim Bueno, falecida em 1966.

 

5g

Insira uma legenda

 

6g

Foto: Eurydes

 

11g

Profa. Dagmar Pardi

 

14g

Insira uma legenda

 

23g

Insira uma legenda

 

25g

Insira uma legenda

 

26g

Insira uma legenda

 

31g

Insira uma legenda

 

32g

Insira uma legenda

 

34g

Insira uma legenda

 

26_03_06

Insira uma legenda

 

37g

Insira uma legenda

 

36g

Insira uma legenda

 

39g

Insira uma legenda

 

40g

Insira uma legenda

 

Colégio Progresso - alunas no dia, 18.08.1938, No verso: 'Saída do castigo dado por da. Lucila, professora de Francês, meio dia e ainda não almoçamos'.

Colégio Progresso – alunas no dia, 18.08.1938, No verso: ‘Saída do castigo dado por da. Lucila, professora de Francês, meio dia e ainda não almoçamos’. Contribuição da “Maria Cristina Nogueira Teles”.

 

 

Colégio Progresso - Laboratório de Ciências.jpg

Colégio Progresso – Laboratório de Ciências. Foto: Eurydes

 

 

 

Segunda diretora, da. Emília Paiva Meira.

Segunda diretora, da. Emília Paiva Meira.

 

 

 

Carmem Chebabi, Jandyra Soares de Camargo,  Juliana Lima, Lúcia de Castro Prado, Mellita Lobenwein Brasiliense, Thereza Chebabi, Hilza Teixeira Penteado de Lemos e Judith Pires, em 02.02. 1919.

Carmem Chebabi, Jandyra Soares de Camargo, Juliana Lima, Lúcia de Castro Prado, Mellita Lobenwein Brasiliense, Thereza Chebabi, Hilza Teixeira Penteado de Lemos e Judith Pires, em 02.02. 1919.

 

 

RAAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82tVl3X8QRyt3VRA3IaZbWJ5C6eF5lyAOblkeHDcnx95BNkX2N7in6izoSlDKM8LRW76ziIMMZu4k8oPsO9MXy5SAJtU9VBza60NWH-SGF9vQYX7Lx4kVT6jdw

Insira uma legenda

 

Anúncios

3 comentários em “Colégio Progresso

  • Caro Lucas, o Colégio Progresso foi criado por um grupo de políticos e empreendedores republicanos de Campinas, liderado pelo Prefeito Orozimbo Maia que queria uma escola de qualidade, mas leiga, para que suas filhas fossem educadas. Em pesquisa, realizada no Centro de Memória da UNICAMP, através de documentação que constava do espólio de Orozimbo Maia e de entrevista realizada com o jornalista Benedito Pupo, então com mais de noventa anos e que foi contemporâneo dos fatos, soubemos que o prefeito, desconfiado da honestidade da esposa, tomou a si a tarefa de educar as filhas, sem influências religiosas, que assim se tornaram alunas internas do colégio leigo, por ele criado. A educadora Emilia de Paiva Meira foi chamada por ele para dirigir a instituição educativa porque era reconhecida por sua retidão de caráter e afastamento de influências religiosas. Minha ex-orientanda de doutorado Lilian Alvisi, estudou as origens dessa escola e ajudou a direção a montar o Centro de Memória da mesma.

    Curtido por 1 pessoa

  • Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: