Raul Amaral

Publicado 08/11/2014 por lcs2308

Raul Joviano do Amaral, nasceu nesta cidade, em 12.11.1914.

Raul, iniciou seus estudos na Escola Sete de setembro e no Grupo Escolar São Joaquim; cursou o Ginásio do Estado e o Ginásio Diocesano. Bacharelou-se em Direito, em 1937, pela Faculdade de Direito da Universidade do Brasil (RJ). Frequentou, também, os cursos de Sociologia, Economia e Estatística. Iniciou sua carreira no jornalismo em 1933, como redator do “São Paulo Jornal”.
   Amaral, iniciou sua jornada a favor da causa negra em 1927, em que desejava a elevação do negro no cenário nacional, sendo um dos fundadores da Frente Negra Brasileira (FNB). Fundou e dirigiu o jornal “A Voz da Raça”, 1933, e Alvorada, 1945. Colaborou em vários jornais e revistas de São Paulo e do Brasil. Foi também presidente do Conselho da União dos Servidores Públicos, consultor jurídico da Associação José do Patrocínio, da Liga Eleitoral dos Servidores Públicos, do Centro Cultural Luís Gama, da Comissão de Serviço Civil do Estado de São Paulo.

Publicou inúmeros artigos em que estudava a situação do negro no Brasil e fez muitas conferências em entidades e associações culturais interessadas nessa questão. Foi ensaísta, sociólogo, poeta, historiador, advogado e estatístico-economista. Suas atividades não ficaram restritas à imprensa. Foi também importante membro da Irmandade de Nossa Senhora dos Homens Pretos de São Paulo. Lançou sua candidatura a Deputado Estadual, em 1954, pelo partido Movimento Afro-Brasileiro de Educação e Cultura (MABEC).

Raul Joviano Amaral, deixou gravada, em programa da TV Cultura, em 1984, uma mensagem que traduz firmemente seus ideais: “Nós, da velha militância, estamos transferindo à mocidade inteligente, culta, laboriosa de hoje, o lábaro que a imprensa negra elevou bem alto. Mas não só a imprensa negra, a imprensa branca também precisa colaborar porque, se nós procuramos à confraternização em termos de respeito, de compreensão, de amor, não só o negro precisa trabalhar em favor dessa compreensão, mas a sociedade brasileira precisa ter”. Faleceu, no dia 5 de setembro de 1988.

Referências Bibliográficas:
Raul Joviano Amaral: sonho ou realidade? Disponível em: http://biblioafrogriot.blogspot.com/2007_12_01_archive.html. Acesso em: 08.11.2014
OLIVEIRA, Eduardo. Quem é Quem na Negritude Brasileira. São Paulo: Edição do autor, 1998, p.240.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: