Mercado Municipal

Publicado 27/11/2014 por lcs2308

Mercado Municipal

No ano de 1906, Luiz Nogueira oficializou um contrato com a Câmara Municipal para a construção de um Mercado na Praça Correia de Mello. Ele pode explorar as instalações durante 20 anos, tempo em que o edifício foi revertido para o patrimônio municipal.Av. Benjamin Constant - 1908

O projeto do mercado foi realizado por Ramos de Azevedo; foi executado pelos empreiteiros “Irmãos Mazzini”, sendo o arquiteto Augusto Fried designado por Ramos para a fiscalização das obras e foi inaugurado em 12 abril de 1908, na gestão do prefeito Orosimbo Maia.Mercado 1910
Com influência da arquitetura mourisca, o mercado possui um jogo de telhados sobrepostos que permite iluminação e ventilação naturais.Mercadão

Em 1925, a estação ferroviária “Carlos Botelho” deixou de funcionar no local. Em 1933 recebeu novas reformas parciais e na década de 1970 recebeu ameaças de demolição. Em 1972 e 1973 foi realizada a troca de pisos e azulejos, renovação da pintura, e a construção de um estacionamento.Mercado Municipal. Acervo MIS

O mercado hoje é um centro de concentração popular, possuindo uma imensa variedade de produtos à disposição do consumidor.

Mercado Municipal

Em 1996. passou por reforma que recuperou suas características originais, uma vez que o prédio estava já descaracterizado.

Rua Alvares Machado - 1914. Acervo V-8

1914. Coleção V8

O prédio foi tombado em 1982 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arquitetônico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) e, em 1995, pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural de Campinas (Condepacc).Rua Álvares Machado - década de 80. Acero V-8

No final de 2005, sua fachada foi pintada, seu telhado reformado, os toldos dos boxes trocados e , assim como as platibancas, padronizados; o estacionamento passou a ser automatizado e ganhou novas vagas.Rua Ernesto Khulmann - 1908.

O Mercado recebeu, também, nova comunicação visual, projeto paisagístico, processo de higienização, e recapeamento asfáltico. Na área em que está instalado funcionava um entreposto onde o açúcar levado ao Porto de Santos era depositado.Rua Barreto Leme - entre 63 e 65.

Nas proximidades ficava a estação Carlos Botelho, local no qual o trem parava para recolher as sacas. Por ali circulavam também bondes e charretes, que davam um charme próprio ao local. A região era ponto de “footing” dos jovens da época.

Rua Ernesto Khulmann - 1930

O Mercadão foi também, durante bom tempo, ponto de encontro de jornalistas e intelectuais da cidade que se reuniam para apreciar os petiscos, pastéis e bolinhos de bacalhau vendidos ali e, invariavelmente, se transformava em palco para discussão dos grandes temas nacionais e municipais.

Década de 1970. Foto: Francisco Almeida Lopes.

Década de 1970. Foto: Francisco Almeida Lopes.

Campinas de Outrora!!!!!

Anúncios

Um comentário em “Mercado Municipal

  • Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: