Prof. Christiano Volkart

Publicado 08/10/2016 por lcs2308

O Prof. Dr. Christiano Volkart, nasceu em 27 de junho de 1865, em Limeira (ou Rio Claro?). Filho de Rodolpho Volkart, suíço, falecido em 28 de janeiro de 1907, aos 70 anos e de Wilhelmine (Guilhermina) Catharina Volkart (13.02.1841-19.06.1890).

monographia-f02

Prof. Christiano. Foto: M. Lemmi –

 

thumbnail

Nota de falecimento de sua mãe, Guilhermina – 21 de junho de 1890.

Tinha como irmãos:

* Augusto Volkart, batizado em 24 de janeiro de 1867 e falecido em 06 de agosto de 1904, aos 38 anos;

record-image_939f-rzzt-2

Registro de óbito do seu irmão, Augusto – 07 de agosto de 1904.

* Juliano Volkart, batizado em 26 de agosto de 1869;

*Francisco Volkart, nascido em 24 de janeiro, batizado em 28 de fevereiro de 1872, antigo empregado da Casa Lion & Companhia, casado com a Alice Costa Volkart, filha de Francisco e Eliquina Costa;

* Anna Roquília, nascida em 04 de junho de 1882, batizada em 08 de fevereiro de 1899;

* Profa. Maria, falecida em 20 de junho de 1934, casada com José Lopes de Castro Dias (16.10.1879-26.12.1954);

monographia-f04

Dedicatória aos irmãos.

 Formou-se na Escola Normal de São Paulo em 1884. Foi o primeiro professor normalista regularmente nomeado em 1885 para lecionar, na então, Vila de Vallinhos. Comparado com a variedade de estabelecimentos de ensino particulares e públicos que existem em Valinhos, o primeiro desafio do professor Volkart foi de adaptar a sala de aula em uma casa que fora uma  estribaria . Lecionou em Valinhos por 11 anos, até assumir a Diretoria do 1º. Grupo Escolar  de Campinas (E.E. Francisco Glycério), tendo sido nomeado em 03 de março de 1897.
Participou da Comissão Organizadora para a construção da primeira Igreja
de São Sebastião inaugurada em 1897. Hoje seu nome está fixado na História através da Escola Estadual Christiano Volkart, situada no bairro Nova Campinas, entre outros tributos. Era sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo.
15-02-1900-pagina-1

Nota de 15 de fevereiro de 1900.

Probo educador, apaixonado pela sua elevada vocação, viveu sempre preso ao ensino. Em 1891, foi professor das classes noturnas G.E. Corrêa de Mello, sendo o diurno regido pelos professores João Pupo e Lydia de Castro. Faleceu em 10 de abril de 1911, vitimado por tuberculose, às 4 horas da tarde, estando sepultado no Cem. da Saudade, na quadra 10, sepultura 25.

christiano-wolkart.png

Registro de óbito.

14484647_1786946804853387_56941530998891730_n.jpg

Seu túmulo

OBRAS

  • Monographia de Campinas;
  • Preceitos de Hygiene;
  • O Desenhista Infantil, primeiros elementos de desenho linear de mão livre, compões diversos cadernos, com os quais o aluno poderia lentamente passando dos primeiros traços até as chamas figuras sólidas.
Anúncios

2 comentários em “Prof. Christiano Volkart

  • Deixe um comentário

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

    Foto do Google+

    Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

    Conectando a %s

    %d blogueiros gostam disto: